Auriculoterapia

A auricultoterapia é uma terapia natural que consiste na estimulação de pontos nas orelhas, sendo por isso muito semelhante à acupuntura.

Segundo a auriculoterapia, o corpo humano pode ser representado na orelha, no formato de um feto, e, por isso, cada ponto se refere a um órgão específico. Assim, quando esse ponto é estimulado, é possível tratar problemas ou aliviar sintomas nesse mesmo órgão e de forma mais rápida, pois tem uma comunicação direta com Sistema Nervoso Central.

A estimulação dos pontos específicos da orelha para aliviar dores ou tratar diversos problemas físicos ou psicológicos, como ansiedade, enxaqueca, obesidade ou contraturas, por exemplo.

Além disso, a auriculoterapia ajuda a diagnosticar e a prevenir algumas doenças através da observação dos pontos específicos da orelha que se encontram alterados.

Como é feita a auriculoterapia

A partir de uma anamnese, entrevista e uso da sensibilidade, identifica-se os pontos a atuar e segue conforme a necessidade:

  • Agulhas filiformes: são aplicadas sobre os pontos durante 20 a 40 minutos;
  • Agulhas intradérmicas: são colocadas debaixo da pele por cerca de 7 dias;
  • Esferas magnéticas: são coladas na pele por aproximadamente 5 dias;
  • Sementes de mostarda: são coladas na pele durante 5 dias.

ACUPUNTURA

A acupuntura é uma técnica milenar chinesa que objetiva o equilíbrio energético e físico, a partir de pontos dos meridianos ao longo do corpo.

A utilização de agulhas em pontos especificas estimula as terminações nervosas existentes na pele e nos outros tecidos, enviando desta forma mensagens até ao cérebro, o que desencadeia diferentes efeitos no corpo, como ação analgésica ou anti-inflamatória, por exemplo. Existem diversas comprovações científicas de que a acupuntura funciona.

Para que serve

Esta técnica pode ser usada para reforçar o sistema imunológico e para o tratamento de problemas e doenças como por exemplo:

  • Problemas na boca como dor após extração de dente, gengivite ou faringite;
  • Doenças respiratórias como sinusite, rinite, resfriado comum, asma ou bronquite;
  • Doenças oftalmológicas como conjuntivite, catarata ou miopia em crianças;
  • Problemas neurológicos como dor de cabeça ou enxaqueca;
  • Problemas gastrointestinais como excesso de acidez no estômago, úlcera duodenal, prisão de ventre ou diarreia;
  • Problemas ortopédicos como dor ciática, lombalgia ou artrite reumatoide;
  • Distúrbios de sono como insônia;
  • Distúrbios emocionais como ansiedade, estresse e até depressão.

Como é feita?

Aplicação de agulhas especificas ao longo de pontos “determinados”, conforme a necessidade apresentada – entre 30 e 60 minutos de duração.

× Como posso te ajudar?